Notícias

Dicas de segurança digital para manifestantes

Por Bill Budington para Electronic Frontier Foundation

Depois da votação, pessoas tomaram as ruas em todo o território norte-americano para expressar sua indignação e decepção com o resultado da eleição presidencial dos EUA. Muitos manifestantes podem não estar cientes do triste fato de que o exercício dos direitos garantidos pela Primeira Emenda da Constituição norte-americana pode os expor a certos riscos. Os envolvidos em protestos pacíficos podem estar sujeitos a buscas ou detenções, ter seus movimentos e associações mapeadas ou se tornar alvos de vigilância e repressão. É importante que, em uma democracia, os cidadãos exerçam seu direito à reunião pacífica e os manifestantes devem conhecer algumas precauções que podem tomar para que se mantenham seguros e protejam seus dados. Seguem abaixo nove dicas de segurança para protestos na era digital.

1. Ative a criptografia de disco completa em seu dispositivo

A criptografia de disco completa garante que os arquivos no seu dispositivo inteiro estejam criptografados. Esta é uma forma de criptografia que protege os dados em repouso, em comparação com a criptografia em trânsito, que protege os dados transferidos pela internet. A criptografia de disco completa protege tudo do seu banco de dados local de mensagens de texto às senhas que você armazenou no seu navegador. Isto é útil caso seu dispositivo seja confiscado pela polícia, mas também protege você se seu dispositivo for perdido ou roubado. Protestos são muitas vezes imprevisíveis e perder seu telefone em um deles é uma possibilidade a ser considerada.

As versões recentes do Android e do iOS exigem recursos de criptografia de disco completa para que sejam incorporadas em dispositivos. Estes devem estar protegidos por uma senha forte: de oito a doze caracteres aleatórios que sejam, no entanto, fáceis de lembrar e digitar quando você desbloquear o dispositivo. Se os dispositivos não forem protegidos por senhas fortes, a criptografia poderá ser mais facilmente quebrada com um ataque de força bruta. Edições recentes do iPhone têm usado hardware dedicado à proteção contra este tipo de ataque, mas uma senha complexa ainda é aconselhável.

2. Reverta o desbloqueio por impressão digital

No passado, em iOS e Android, a mesma senha era usada para inicializar e desbloquear o telefone. Recentemente, tanto o iOS, quanto o Android introduziram um mecanismo que permite desbloquear o dispositivo com impressão digital. Esta é uma maneira conveniente de garantir que você aproveite os benefícios da criptografia de disco completa sem diminuir a praticidade. No entanto, em protestos, sugere-se desativar esta funcionalidade. Um policial pode forçar você fisicamente a desbloquear o dispositivo com sua impressão digital. Do ponto de vista legal, com o estado das leis em fluxo, há atualmente menos proteções [nos Estados Unidos] contra o desbloqueio forçado por impressão digital do que contra a revelação forçada de senha. Você pode voltar a usar sua impressão digital depois que deixou o protesto.

No iOS, você pode desativá-la entrando em “Ajustes” -> “Identificação por toque e senha” e removendo cada uma das impressões digitais neste menu.

No Android, desativar este recurso pode depender do fabricante do dispositivo. Para dispositivos com Android Nexus, vá para “Configurações” -> “Segurança” -> “Imprint do Nexus” e exclua as impressões digitais deste menu.

3. Tire fotos e grave vídeos sem desbloquear o dispositivo

Você quer estar pronto para registrar aquele momento decisivo e imagens poderosas podem conseguir apoio à causa. Se você escolheu uma senha forte, inseri-la no dispositivo gasta um tempo precioso e você corre o risco de que o momento passe antes que você o tenha fotografado. Felizmente, versões mais recentes do iOS e do Android permitem tirar fotos e gravar vídeos sem desbloquear o dispositivo, dando tempo para capturar o momento.

Em dispositivos com Android Nexus, pressione duas vezes o botão liga/desliga.

Na tela de bloqueio do iOS, você pode deslizar para a esquerda.

4. Instale o Signal

O Signal é um aplicativo disponível para iOS e para Android que oferece criptografia forte para proteger mensagens de texto e chamadas de voz. Este tipo de proteção é chamada de criptografia de ponta-a-ponta e protege suas comunicações em trânsito. Outros aplicativos, como o WhatsApp, implementaram criptografia, mas acredita-se que Signal é a melhor opção porque usa as melhores práticas para mensagens seguras.

Além de criptografar comunicações de pessoa a pessoa, o Signal possibilita conversas em grupo criptografadas. O aplicativo também adicionou recentemente a funcionalidade de mensagens autodestrutivas, que, depois da primeira vez que são lidas, desaperecem após um período que pode ir de dez segundos a uma semana. Em contraste com outros serviços como o SnapChat, estas mensagens autodestrutivas não serão armazenadas em nenhum servidor e serão removidas do dispositivo após o desaparecimento.

Recentemente, um grande júri no Distrito Leste do Estado da Virgínia emitiu uma intimação à Open Whisper Systems, a desenvolvedora do Signal. Devido à arquitetura do Signal, que limita os metadados do usuário armazenados nos servidores da empresa, os únicos dados que a empresa conseguiu fornecer foram “a data e hora em que o usuário criou a conta e a data da última vez em que usou o serviço.”

5. Leia o Guia de Autodefesa contra a Vigilância da EFF para protestos de rua

Saiba o que pode fazer quando participar de protestos com este guia de autodefesa sobre o tópico: //ssd.eff.org/en/module/attending-protests-international

6. Faça back-up de seus dados

Tome precauções para limitar os possíveis custos em caso de perda do dispositivo. Faça back-up de seus dados regularmente e armazenar esta cópia em um local seguro. Isto pode poupar você de uma dor de cabeça mais tarde.

7. Considere ir a pé ou de bicicleta para a manifestação

Sistemas de leitura automatizada de placas de veículos registram automaticamente as placas dos veículos que circulam por uma área, além da hora, data e local em que foram encontrados. Esta tecnologia é freqüentemente usada por aplicadores da lei ou empregada por empresas privadas que então compartilham dados de placas com autoridades policiais e outras entidades. Contidas em enormes bases de dados, estas informações são mantidas por um período de tempo desconhecido. [Nos EUA,] estas empresas têm feito lobby e contestado vigorosamente normas que proibiriam a coleta privada de dados de placas ou regulamentariam estes sistemas de leitura automatizada. Na prática, sua localização pode ser acompanhada ao longo do tempo por meio dos seus hábitos de condução, com pouquíssimos limites legais sobre como tais dados podem ser coletados e acessados.

Considere usar meios alternativos de transporte se preferir que suas movimentações e associações permaneçam privadas.

Leia mais sobre sistemas de leitura automatizada de placas no Guia de Vigilância nas Ruas da EFF.

8. Ative o modo avião

O modo avião garante que o dispositivo não transmita enquanto você estiver no protesto e impede que sua localização seja rastreada. Infelizmente, isto também significa que você não será capaz de telefonar ou enviar mensagens para seus amigos. Então, planeje-se adequadamente. Você pode escolher um ponto de encontro próximo onde você e seus amigos poderão se reunir caso você se separe deles. Você também pode desativar os serviços de localização.

9. Organizadores: considerem alternativas ao Facebook e Twitter

O Facebook e o Twitter fornecem uma grande base de usuários para que você promova sua causa, mas estas plataformas populares de mídia social também contêm riscos. Visualizar a página de um evento, comentar em um evento e indicar sua intenção de participar são ações visíveis aos aplicadores da lei se as páginas e publicações forem públicas e, às vezes, mesmo se não forem (já que podem estar sujeitas a uma ordem judicial). Para ações que exigem uma abordagem mais cautelosa, considere criar uma conversa em grupo via Signal.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − três =